Turismo Consciente do Litoral de São Paulo = Blog Caiçara!.............Caiçara Expedições Agência de Viagens e Turismo...........Receptivo Baixada Santista - Litoral de São Paulo....Seja Bem Vindo!

..:: Pesquisa Blog Caiçara ::..

terça-feira, 20 de junho de 2017

Resumo FILME O Circo Borboleta

Por..:: Renato Marchesini

O Filme nos mostra a história de Will, um homem sem pernas e sem braços, que inicialmente era explorado em um circo de show de horrores que exibia atrações nas quais as deficiências das pessoas eram tidas como aberrações da natureza, em ações preconceituosas e cruéis.

No filme, em determinado momento, fico chocado quando o apresentador do circo se refere a Will desta forma “Uma aberração da natureza...Um homem. Se posso chamá-lo assim. A quem até Deus virou as costas” realmente muito triste a exposição e a falta de respeito.

Certo dia o apresentador do Circo Borboleta, Mendez, foi assistir às exibições do circo que focava nas deficiências e conheceu Will, aproximou-se dele e a reação do mesmo foi agressiva, mas a partir daí, do olhar profundo de Mendez, a vida de Will mudou completamente.

O mais belo desse filme é a visão do apresentador do Circo Borboleta, que consegue ver as possibilidades nas pessoas, muito além de suas deficiências; nos mostra que todos têm algo de valioso, algo com que possa contribuir. É importante sensibilizar o olhar e enxergar o lado positivo nas situações e nas pessoas.

E também destaco a fala num segundo momento do filme, onde o apresentador Mendes apresenta o Will em seu número: “Seus olhos serão testemunhas. Esta noite linda. A alma mais corajosa. Meu Deus ele pode fazer qualquer coisa”.

O filme mostra a importância da valorização e do respeito em relação às pessoas com deficiência. Não a partir apenas do que falta, mas considerar aquilo que cada pessoa pode ter de valioso, de qualidade. Mostra uma história de superação com a participação do ator e palestrante Nick Vujicic.

A metáfora da Borboleta, que passa da condição de lagarta para a de uma bela borboleta, livre, colorida, cabe perfeitamente à trajetória de Will, que com sua condição sentia-se um rejeitado e coitado, tinha certa piedade de si mesmo. Mendez lhe mostrou a importância de se “ver a beleza que pode surgir das cinzas” e que “quanto maior for a luta, maior será o sucesso”. A partir do momento que Will passa a olhar para as possibilidades, para o lado positivo da vida, quando descobre que mesmo com suas limitações é capaz de nadar, ele se liberta, passa a ser livre como uma borboleta.

Todos Somos Borboletas! Lindas e devemos ter a Liberdade e Felicidade.

Que esse filme nos faça refletir.:






Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Caiçara Expedições agradece sua participação!
obs: Os comentários são moderados.

Mantenha contato! Muita Luz>>>

Prêmio Top Blog 2013/2014

Prêmio Top Blog 2013/2014
1º lugar "Oscar dos Blogs Brasileiros" na categoria Viagem e Turismo Profissional, pelo voto popular.

..:: Últimos Posts ::..

..:: O nós é feito de eus ::..

..:: Feito com Muito Carinho ::..

..:: Feito com Muito Carinho ::..