Turismo Consciente do Litoral de São Paulo = Blog Caiçara!.............Caiçara Expedições Agência de Viagens e Turismo...........Receptivo Baixada Santista - Litoral de São Paulo....Seja Bem Vindo!

..:: Pesquisa Blog Caiçara ::..

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Bate-Papo: Turismo de Base Comunitária com Renato Marchesini no SESC Santo André

Dia..:: 04 de Março de 2017
Horário..:: 14 horas
Local..:: Sesc Santo André
Endereço..:: Rua Tamarutaca, 302, Vila Guiomar 

ATIVIDADE GRATUITA - ABERTA AO PÚBLICO


Como o turismo pode induzir o processo de promoção social? 

Relato de experiência de turismo de base comunitária com Renato Marchesini, guia e bacharel em Turismo, pós graduado em Ecoturismo e proprietário da agência Caiçara Expedições.

Inscrições no turismo@santoandre.sescsp.org.br. Colocar no assunto do email o nome da atividade e no corpo do email com as seguintes informações: nome completo, credencial ou cpf. Vagas Limitadas.

Você já conhece o "Outras Viagens"?

O OUTRAS VIAGENS, é uma das atividades do Programa de Turismo Social do Sesc SP que convida você a mergulhar no universo do turismo, refletir e  se inspirar com o renovador estímulo das descobertas feitas em outros cenários, com outras pessoas.

É um viajar sem se deslocar (fisicamente), de um lugar para o outro.

Para essa viagem o meio de transporte utilizado é: a literatura, a fotografia, o cinema, a música, as artes, os relatos de viagens ou a internet e suas infinitas informações.

Todos esses meios  têm o potencial de nos fazer sentir mais próximos de lugares que desconhecemos, mesmo sem irmos até eles. E de instigar o desejo de partir.

Vamos! Dê asas à sua imaginação.


Clique nas imagens para ampliar


Fonte..:: Sesc SP




1ª PROVA DE SUBIDA DE MONTANHA: Prova Automobilística Serra do Mar / Caminhos do Mar



Em 1958, certamente Roberto Carlos ainda não havia composto a música "As Curvas das Estrada de Santos", mas sua inspiração pode ter vindo da II Subida de Montanha, prova de velocidade realizada na Estrada Velha de Santos, o antigo Caminho do Mar. Naquela época os dois caminhos eram normalmente utilizados pelos paulistanos para ir e vir da Baixada Santista.

* Música "As Curvas da Estrada de Santos" de Roberto Carlos é de 1969.




De forma parecida com o que ainda se pratica em São Paulo, no Pico do Jaraguá, a prova do Caminho do Mar reunia aficionados por carros e competições no pé da serra, para cumprir a subida de 7,2 km no menor tempo possível. O regulamento da prova dividia os automóveis em duas classes, os normais e os especiais. Os primeiros eram originais de fábrica, com preparo livre porém mantidas as características principais, com classificação em quatro categorias, até 250 cm3, até 1.300 cm3, até 2.000 cm3 e Força Livre.  Os especiais eram carros de corrida, com qualquer motor, chassi, suspensão e freios, separados em duas categorias, até 2.500 cm3 e Força Livre.



No dia da corrida, exatamente 10 de agosto de 1958, o clima era de euforia. O público se posicionou ao longo do trajeto, como em provas de rali, para ver de perto carros e pilotos.

Na largada o tempo estava bom, mas da metade do percurso até o topo da serra, mais precisamente da chamada Curva da Morte até o fim, a neblina tomou conta. Prevista para a 8h00, a largada foi dada às 10h15, porque os organizadores queriam esperar o tempo melhorar, sem sucesso. Mesmo assim, a prova transcorreu bem, apesar da visibilidade prejudicada.



Inaugurando a Força Livre da classe Especial, Rafael Gargiulo, pilotando um monoposto com motor Ford 8BA, estabeleceu o recorde da pista, com o tempo de 7min13. Na categoria de até 2.500 cm3, o vencedor foi Plínio de Cerqueira Leite, com um Volkswagen especial, protótipo parecido com o Porsche 550 Spyder, em 7min51.



Foi a classe normal, no entanto, que reuniu a maior quantidade de participantes, todos com modelos mais conhecidos do público, como DKW, Fusca, MG ou Porsche. O vencedor da categoria até 250 cm3 foi Álvaro Andrade, com Romi Isetta; até 1.300 cm3 venceu Flavio Del Mese, com DKW; até 2.000 cm3. O Porsche de Guy Whitney foi mais rápido e na Força Livre venceu a prova Waldemyr Costa, com Nash Healey. Na categoria até 1.300 cm3 havia ainda MG, Simca 1200 francês, e Fiat 1100. Até 2.000 cm3 participaram Citroën 11 Légère e Porsche.



Quanto aos pilotos, além dos vencedores da classe especial participaram alguns nomes hoje conhecidos, como o designer Anísio Campos, com um Simca Conversível 1952, Hans Ravache e Godofredo Viana Filho.

Destacaram-se o piloto Flavio Del Mese, que saiu do Rio Grande do Sul com seu DKW 1951 para participar da prova, Wilson Fittipaldi, que narrou a prova pela Rádio Panamericana, e Primo Carbonari, que realizou um filme jornalístico da prova para divulgá-la nas salas de cinema de todo o Brasil.



Muitos não puderam participar da II Subida de Montanha por uma razão hoje óbvia, mas na época não muito lembrada pelos pilotos: a falta do capacete. A comissão organizadora foi firme na questão e seguiu à risca as regras da FIA - Federação Internacional de Automobilismo, com a supervisão da Comissão Desportiva Regional do ACB, o Automóvel Clube Brasileiro de Angelo Juliano e Osvaldo Fanucchi, e pela Polícia Rodoviária. A entrega dos prêmios, troféus e medalhas, foi feita na sede do ACB, na rua Brigadeiro Luiz Antônio, em São Paulo.

Para a realização desta reportagem utilizei material gentilmente cedido pelo engenheiro Jorge Lettry, chefe da equipe Vemag de Competição nos anos 60, que esteve na prova como repórter do Jornal HP, um dos organizadores da II Subida de Montanha. As fotografias são de seu acervo pessoal, assim como as informações retiradas de seu texto feito para o antigo jornal. No dia em que estive com Lettry em sua casa, no município de Atibaia, SP, para que ele me contasse esta história, passamos nada menos que oito horas conversando sobre automóveis, corridas e pilotos. Jorge Lettry faleceu com 78 anos de idade.



A próxima vez que você passar pela estrada de Santos, hoje Rodovia dos imigrantes, a mais moderna do país, lembre-se que há mais de 50 anos a história era outra, e que, antes de Roberto Carlos imortalizar a Via Anchieta, heroicos pilotos fizeram história no antigo Caminho do Mar.

Fonte..:: Web Venture UOL


Produção Preta: Ecoar e Escoar - Em Santos SP - 25 de Março de 2017






Curiosidades e Importância das Árvores




quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

AUDIÊNCIA PÚBLICA: Lei que Regulamenta a Profissão de Guia de Turismo em Santos

Projeto de lei: Submissão Vereador Lincoln Reis
Data: 05 de Abril de 2017
Horário: 15horas
Local: Câmara Municipal de Santos - Auditório: Zeny Goulart

Divulguem a Todos Colegas.

Muito Importante que estejam Todos neste que é um processo Participativo e de Muita Importância para nossa Profissão e o Turismo de Santos SP.


Me Ajude a Compartilhar e Marcar os Guias de Turismo de Nossa Região!!!!!!

Aqui segue Link Evento Audiência Pública: Regulamentação Profissional de Turismo em Santos: https://www.facebook.com/events/500755030110768/

Fico à disposição,
Renato Marchesini



terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Revista de Turismo da Ufal ganha uma edição a mais por ano

A Revista Iberoamericana de Turismo (Ritur), única da Ufal com conceito B1 de classificação Qualis da Capes, terá uma edição a mais por ano, tornando-se quadrimestral. Os artigos são recebidos para avaliação em fluxo contínuo por meio de cadastro no site do periódico.

O último número, de dezembro de 2016 foi publicado com nove artigos, um ensaio, uma resenha bibliográfica e um texto na seção ‘Ponto de Vista’ sobre os legados da Copa do Mundo de Futebol para o desenvolvimento do turismo sustentável. O editorial é assinado pela professora da Ufal Silvana Pirillo Ramos e o professor espanhol Lluís Mundet i Cerdan, co-editor científico.

A Ritur nasceu em 2011 e é a única revista internacional com participação da Universidade Federal de Alagoas. Também fazem parte do comitê editorial os professores Alan Curcino Pedreira da Silva (Ufal) e Luciana Ferreira da Costa (UFPB).

O periódico é uma iniciativa do Observatório Transdisciplinar de Pesquisas em Turismo da Ufal e da Facultat de Turisme de la Universitat de Girona (Espanha), criada por meio do convênio de cooperação internacional de pesquisa e desenvolvimento em Turismo entre estas instituições, com o apoio da Agencia Española de Cooperación Internacional para el Desarrollo.

A Ritur passou a contar com a colaboração da Rede de Pesquisa e (In)Formação em Museologia e Patrimônio da Universidade Federal da Paraíba (Brasil) e do Centro de Estudos de História e Filosofia da Ciência da Universidade de Évora (Portugal) a partir da publicação do seu primeiro número especial.

De acordo com o comitê editorial, a revista tem por objetivo “divulgar trabalhos que representam contribuição para o desenvolvimento de novos conhecimentos entre pesquisadores, docentes, discentes e profissionais em turismo, hospitalidade, museologia e patrimônio, História, Geografia, lazer e áreas afins, independente de sua vinculação profissional e local de origem, priorizando diálogos abertos e abordagens interdisciplinares a transdisciplinares”.

Com indexação internacional, a RITUR disponibiliza seu conteúdo de modo gratuito, sem cobrança para publicação de trabalhos originais.

Fonte..:: Ascom Ufal / AquiAcontece

Saiba mais..:: Revista Iberoamericana de Turismo (Ritur) AQUI




V Curso de Verão – Do campo à análise dos dados: o Inventário Florestal para fins de licenciamento ambiental

Local: Juquitiba, SP, Brasil
Horário: 26 e 29 de janeiro de 2017 - Carga horária de 40 hs
Palestrante: Prof. Ms. Rodrigo Trassi Polisel e Profª. Carla Aquino da Costa
Valor da Inscrição: R$ 1.200,00 (profissional), R$ 1.100,00 (pós-graduando) e R$ 1.000,00 (estudante em 1º graduação). À vista (Pagamento até o dia 15/01/17) ou parcelado em até 3x: pagamentos em: 10/11/16, 10/12/16 e 10/01/17. Ou em até 10x via PagSeguro. Desconto de 5% para inscrições em grupo com mais de 3 integrantes.
Enviar e-mail para contato@brasilbioma.com.br (Rodrigo) com o assunto: Inscrição Curso de Verão Inventário e solicitando e/ou enviando o Formulário de Inscrição preenchido.
Contatos:     @brasilbioma e @cursosbotanica (Instagram e Twitter); 
Facebook: Brasil Bioma
E-mail: contato@brasilbioma.com.br
Mais informações: 
Organização: Brasil Bioma Cursos e Estudos Ambientais Ltda ME




XXXII Curso de Identificação em Campo das Famílias Botânicas da Mata Atlântica

Local: Juquitiba, SP, Brasil
Datas: 01 e 02 de julho de 2017 - Carga horária de 20 hs
Palestrantes: Prof. Ms. Rodrigo Trassi Polisel e Profª. Drª. Marina Malta Letro Kizys
Valor da Inscrição: R$ 800,00 (profissional), R$ 720,00 (pós-graduando) e R$ 650,00 (estudante em 1º graduação). À vista,  parcelado em até 4x via depósito bancário ou em até 10x via cartão de crédito (PagSeguro). Descontos para grupos, participantes de outras temáticas e assinantes do eFlora.
Mais informações e inscrições: Enviar e-mail para contato@brasilbioma.com.br com o assunto "XXXI Curso de Identificação" .
Contatos:     Instagram e Twitter: @brasilbioma
Facebook: Brasil Bioma

Organização: Brasil Bioma Cursos e Estudos Ambientais Ltda ME



Prêmio Top Blog 2013/2014

Prêmio Top Blog 2013/2014
1º lugar "Oscar dos Blogs Brasileiros" na categoria Viagem e Turismo Profissional, pelo voto popular.

..:: Últimos Posts ::..

..:: O nós é feito de eus ::..

..:: Feito com Muito Carinho ::..

..:: Feito com Muito Carinho ::..