Turismo Consciente do Litoral de São Paulo = Blog Caiçara!.............Caiçara Expedições Agência de Viagens e Turismo...........Receptivo Baixada Santista - Litoral de São Paulo....Seja Bem Vindo!

..:: Pesquisa Blog Caiçara ::..

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

III CONGRESSO DE GESTÃO E POLÍTICAS PÚBLICAS 2017 - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

III CONGRESSO DE GESTÃO E POLÍTICAS PÚBLICAS

Universidade Federal de São Paulo

dezembro 8, 2017 – dezembro 9, 2017


O III CGPOP – Congresso de Gestão e Políticas Públicas será um encontro que será realizado nos dias 08 e 09 de dezembro de 2017, na Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Política Economia e Negócios, Campus Osasco.

O tema do encontro será "INOVAÇÃO E EFICIÊNCIA NO SETOR PÚBLICO" e contará com palestras e apresentação de trabalhos científicos. Serão bem-vindos trabalhos desenvolvidos pela comunidade acadêmica que contemplem os seguintes temas: Finanças e Orçamento Público, Gestão de Operações, Pessoas e Serviços, Transparência e Controle Social e outros relativos à Gestão Pública.


PROGRAMAÇÃO
SEXTA-FEIRA – 08/12/2017
19h00  - Conferência de Abertura
Heloísa Candia Hollnagel (EPPEN/Unifesp)  - “Sustentabilidade e Inovação na Gestão Pública” -

20h00 – 21h30 - Mesa-redonda: “Inovação e Eficiência no setor público”
Me. Sérgio Hissashi Umeda  (IFSP) –  “Finanças e Orçamento Público: O SIAFI  Gerencial e a Inovação na Gestão Pública”
Dr. Fernando do Amaral Nogueira (FGV-SP/Prefeitura de São Paulo) – “Inovação e Eficiência no Setor Público : o caso da Cidade de São Paulo”
Me. Francisca Candida Candeias de Moraes – “Elementos culturais e fatores organizacionais fundamentais para a inovação na gestão pública” (Tangram Social)
Moderador: Dr. Luis Hernan Contreras Pinochet (EPPEN/Unifesp)

SÁBADO – 09/12/2017
10h00-11h00 – Palestra
Ieda Pimenta Bernardes (Arquivo Público do Estado de São Paulo / Comissão Estadual de Acesso à Informação-CEAI) - “Gestão Documental e Acesso à Informação: interfaces e impactos na gestão pública”

11h00-12h30 – Simpósios Temáticos
I - Inovação na gestão pública
  • Alexandre José Romagnoli - "Formação de líderes: a importância da liderança para os resultados de uma organização pública"
  • José Viana dos Santos Junior /Andréia Trinca dos Santos - "Organização burocrática e o pregão eletrônico"
  • Marisa Moser - "Comparação entre o Brasil e os 30 países mais inovadores do mundo no período de 2012 a 2015"

Moderador: Dr. Ricardo Bueno (EPPEN/Unifesp)

II - Transparência e Contro Social
  • Aristides Faria Lopes dos Santos - "Mobilização, participação e controle social sobre a gestão pública do turismo no estado de São Paulo"
  • Fernanda Cristina Vieira Pereira; Patricia Cristina Magdalena -"Representação e representatividade política das mulheres na cidade de Campinas/SP"
  • Silvana Aparecida Fontanelli - "É Possível Romper a Cultura do Sigilo? Desafios do Poder Executivo Federal para Efetivar a Lei de Acesso à Informação"
  • Wagner Pinheiro dos Santos, Érico Gustavo Tomaz da Silva - "Lei de responsabilidade fiscal: despesas com pessoal nos municípios da região metropolitana de Campinas"

Moderador: Me. Stanley Plácido da Rosa Silva (Arquivo Público do Estado de São Paulo)

III - Políticas Urbanas
  • André Rocha Santos - "Política e Planejamento Urbano em Santos: de Saturnino de Brito à Ditadura Militar (1910-1985)"
  • Giuliano João Paulo da Silva, Claudia Marcele Acosta Mora - "Mudanças nas Políticas Públicas de Habitação no Brasil – O Programa Minha Casa Minha Vida: críticas e inovações"
  • Renato Marchesini - Políticas Públicas para o circuito turístico e circulação de veículos de turismo na Baixada Santista

Moderador: Dr. Sidival Tadeu Guidugli (EPPEN/Unifesp)
12h30 – 14h00 – Almoço

14h00 – 15h30 – Simpósios Temáticos
IV - Educação Superior e Capacitação Profissional
  • Alcir Monteiro Collaço - "Atitudes e comportamentos no processo de ensino e aprendizagem de alunos de curso superior: desafios e oportunidades"
  • Maria Goreti Miguel Santos  - "Aprendizagem como fator motivador da melhoria do serviço público"
  • Wagner Pinheiro dos Santos - "Ações afirmativas: um estudo sobre o campus Osasco da Unifesp"

Moderadora: Dr.ª Ana Carolina Leister (EPPEN/Unifesp)

V - Assistência Social, Saúde e de Atenção à Infância e Adolescência
  • Carlos Rogério Barbosa - "A participação dos membros do Conselho Municipal dos Direitos Da Criança e do Adolescente De Pompeia/SP na construção de Políticas Públicas"
  • Douglas Nier Oliveira Pires - "Política municipal de São Paulo para acolhimento da população em situação de rua: uma análise da implantação do sistema de informação do atendimento aos usuários"
  • Rosana Tofanini da Silva - "O Programa Saúde na Escola no Município de São Paulo"

Moderadora: Dr.ª Heloísa Hollnagel (EPPEN/Unifesp)

VI - Finanças e Orçamento Público
  • Alexandre Augusto Vitorino - "A necessidade de um instrumento complementar ao Regime Geral De Previdência Social"
  • Aline Cristina Sanches da Silva, Sandro Braz Silva - "Análise da gestão fiscal do município de Osasco através dos relatórios do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo"
  • Ana Karina Koda Ogata, Claudio Rogério Basso Godoy, Danilo Augusto Barbosa Benedicto, Lilian Bispo de Oliveira - "Renúncias fiscais e qualidade do ensino no Prouni"

Moderador: Me. Sandro Braz

16h00 – 17h00 – Conferência de encerramento
Ricardo Luiz Pereira Bueno (EPPEN/Unifesp) – “Uma nova administração para uma nova sociedade”

Fonte..:: UNIFESP


Nosso Registro! Estivemos lá! 
Apresentando Compartilhando nossos Trabalhos e Aprendendo

  • Aristides Faria Lopes dos Santos - "Mobilização, participação e controle social sobre a gestão pública do turismo no estado de São Paulo"
  • André Rocha Santos - "Política e Planejamento Urbano em Santos: de Saturnino de Brito à Ditadura Militar (1910-1985)"
  • Renato Marchesini - Políticas Públicas para o circuito turístico e circulação de veículos de turismo na Baixada Santista







Turismo não Aceita mais Amadorismo




Fonte..:: Amitur por email.

MTur lança linha de crédito com R$ 450 mi para setor

Oportunidade para quem está devidamente legalizado no Cadastur
 (Ministério do Turismo).

Por..:: Marcos Martins

Nova ação tem como objetivo dinamizar o mercado

O ministro do Turismo Marx Beltrão, lançou ontem (7), em Maceió, o Novo Fungetur, linha de crédito de R$ 450 milhões do Ministério do Turismo com condições diferenciadas para dinamizar o mercado.

As micro e pequenas empresas terão prioridades para acessar a quantia disponível para construção, reforma, ampliação ou compra de equipamentos turísticos. No novo formato, oito instituições financeiras estarão habilitadas para gerir o recurso.

“O Turismo é um dos setores da economia que mais cresceu nos últimos anos. A oferta de mais crédito tem como objetivo manter esse crescimento e dar mais fôlego para que empresários continuem investindo, gerando emprego e renda através de nosso setor”, disse o ministro.

A ampliação dos investimentos no setor é fundamentada em pesquisa realizada pelo MTur com 716 empresas que empregam 79.319 mil pessoas (Boletim de Desempenho Econômico do Turismo). De acordo com o estudo, 66% dos empresários do setor manifestaram intenção de investir parte do faturamento apurado ainda neste ano. O maior percentual (15,2%) é projetado pelo segmento de Turismo receptivo, seguido dos organizadores de eventos (8,1%), meios de hospedagem (5,2%) e transporte aéreo (4,7%).

O objetivo é gerar oportunidades de novos negócios e abrir vagas no mercado de trabalho em atividades direta ou indiretamente ligadas ao setor. Os financiamentos têm prazo de amortização de até 20 anos com até cinco anos de carência, com juros a partir de 5% ao ano somados mais o INPC.

Para a operação da linha de crédito, foram credenciadas oito instituições financeiras, algo que é novidade, já que no passado apenas a Caixa Econômica Federal era responsável pelos recursos do Fundo. Além disso, os recursos transferidos à instituição financeira credenciada, caso não contratados, poderão ser recolhidos após 120 dias e redistribuídos para as demais instituições financeiras credenciadas, de acordo com seu desempenho na concessão de crédito.

As instituições credenciadas são a Agência de Fomento do Mato Grosso, Agência de Fomento do Rio Grande do Sul (Badesul), Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Banco do Estado de Sergipe (Banese), Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Caixa Econômica Federal (CEF) e Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP).

 Fonte..:: Panrotas


 

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

1ª Mega Feira de Natal do Anália Franco terá chegada do Papai Noel Oficinas gratuitas de customização e auto maquiagem acontecerão durante o evento


O Educandário Anália Franco realiza nos dias 28, 29 e 30 de novembro, das 11h às 20h, a 1ª Mega Feira de Natal, que contará com mais de 50 expositores e diversas atividades gratuitas para o público, como aulas de auto maquiagem, dança, oficina de customização de camisetas, além de música ao vivo e apresentação especial de Natal realizada pelas crianças atendidas.
Empreendedores locais estarão expondo seus produtos e colaborando com os trabalhos da entidade beneficente que atende crianças em vulnerabilidade social. No último dia de evento (30) o Papai Noel vai visitar o Educandário e após sua visita às crianças da instituição estará à disposição dos participantes, que poderão tirar fotos e fazer seu pedido de Natal.
Durante os 3 dias de feira os expositores trarão os seus melhores produtos para garantir que você não saia de lá sem escolher aquele presente de Natal ou aquele detalhe que falta para o look de final de ano, ceia ou decoração.  Duas entidades beneficentes também estarão expondo no local: o projeto Luzes da Vila, que atende crianças no Morro do São Bento, e o Clube Soroptimista de Santos.
O evento é beneficente em prol dos assistidos pelo Anália Franco. Participando desta feira você colabora duas vezes, incentivando o empreendedorismo local e colaborando com o trabalho do Anália Franco.
Sobre a feira - Feira de artigos para Natal e festas de final de ano, com gastronomia, artesanato, handmade, moda, decoração, bem-estar e artigos para animais de estimação. Produtos para todas as idades, gêneros e gostos.
Cronograma de Atividades GRATUITAS
📌 Dia 28/11
15:00 - Aula de Automaquiagem
16:30 - Aula de Customização de Camisetas
17:30 - Aula de Dança com instrutores

📌 Dia 29/11
12:00 - Aula de Automaquiagem
15:00 - Aula de Customização de Camisetas
17:30 - Música Ao Vivo

📌 Dia 30/11
12:00 - Aula de Customização de Camisetas
13:30 - Aula de Automaquiagem
16:45 - Visita do PAPAI NOEL
17:45 - Apresentação de Natal das Crianças do Anália Franco
..:: Serviço:
1ª Mega Feira de Natal do Educandário Anália Franco
Data: 28, 29 e 30 de novembro
Horário: das 11h às 20h
Local: Salão nobre da Instituição, na Avenida Ana Costa, 277.

Catharina Apolinário
Assessoria de comunicação
Pesquisadora de Comunidades Tradicionais
(13) 99152-6970 - WhatsApp 


sexta-feira, 17 de novembro de 2017

A Importância da Lua nas Culturas de Plantio

Lua Nova (LN)
Quarto Crescente (CC)
Lua Cheia (ll)
Quarto Minguante (CM)

A força de atração da lua, mais a do sol, sobre a superfície da terra, em determinados momentos, exerce um poder de atração sobre todos os líquidos que se encontram na superfície da terra.

Assim, em determinadas posições, a água dos oceanos sobe até atingir uma altura máxima, para descer até um nível mínimo, mantendo-se regular e sucessivamente esta oscilação.

Também se verificou que este fenômeno se faz sentir na seiva das plantas. A causa é devido à atração lunar, que estabelece um ritmo de pressão e depressão dos líquidos que circulam pela planta.

Período extensivo a jusante (pea)
A seiva começa a subir pelo caule, a chegar a folhas, flores e frutos. A terra expira, o crescimento é acima da terra.
Período intensivo águas em cima (pia)
A seiva concentra-se nas extremidades das plantas. Três dias depois do quarto crescente a três dias após a lua cheia.
Período extensivo a jusante (pea)
A seiva começa a descer das folhas para o caule e as raízes.
Período intensivo a jusante (pia)
A seiva concentra-se nas raízes. A terra absorve e inspira. O crescimento é abaixo da terra. Desde os três primeiros dias de minguante aos três primeiros dias de lua nova)

Lua Nova
Deshierbar (dois dias antes e dois dias após a lua nova).
Controlar pragas e doenças.
Colher produtos hortícolas de raiz (cenoura, beterraba, rabanete, mandioca, inhame, gengibre, curcuma)
Poda de formação em árvores pequenas para que cresça saudável e forte (três dias após a lua nova a três dias após a lua crescente)
Poda de árvores doentes. Evita pudriciones, a lua nova toda purga, tudo limpo.
Produção de estacas para semear.
Transplantação definitiva (pea)
Colheita de plantas medicinais de raiz, nas últimas horas do dia (pea).
Sementeira de estacas de mandioca (Lua nova a quarto crescente).
As galinhas chocam os seus ovos em lua nova.

Quarto Crescente
Semear e transplantar (dois dias antes e dois dias após cc).
Colocar estacas em terra (dois dias antes e dois dias após cc).
Fazer enxertos.
Recolher plantas medicinais de folha e fruto.
Podar árvores pequenas para que cresçam saudáveis e fortes.
Plantar legumes de folha.
Transplante.
Produzir estacas e que.
Cortar madeira para lenha e deixar secar (desde o primeiro dia de cc até três dias de lua cheia).
Germinar sementes (pea)
Colheita de frutos frescos para consumir logo que o suco se concentra no fruto. (pea).
Transplante definitivo de matas de café (pea).
Semear todas as sementes que crescem em altura e dão frutos como tomate, berinjela, feijão, alho francês, couves (pea).
Colheita de frutos para calda já que concentram mais açúcar (pia).
Aplicação de fertilizante em culturas novas (pea)
Sementeira de forragens para henificados e selados.
Colheita de forragem para consumir fresco.
Tratar sementes com fertilizante antes de as (pea).
Sementeira de couves como melão, abóbora, abóbora. (pia).
Sementeira de sementes de banana (pia).
Colheita de tuna entre as 8 AM A 6 PM (pia).
Germinação de Viveiros Florestais, transplantes e sacos (pia).
Aplicação de fertilizantes orgânicos para raízes pouco profundas (pia).
Aplicação de fertilizante foliar e remédios home para plantas.
Poda de limpeza de árvores perenes para combater doenças (pia).
Na fecundação há mais hipóteses de ser sexo masculino. São partos mais difíceis.
Tosquiar ovelhas para que a lã seja mais longa e fina.
Cortar o cabelo e crescer mais longo e fino. Mesmo com as unhas.

Lua Cheia
Tenta não semear. Só colher, remover a terra, e fazer preparações de adubo.
Colher frutos e legumes de folha.
Colar enxertos (entre três dias após a crescente e três dias depois de cheia, pia).
Podar árvores grandes, reduzir folhagem e estimular os frutos.
Semear por rebrota ou rizoma (pia).
Colheita de uvas para consumir fresca (pia).
Colheita de plantas medicinais de flores e folhas especialmente para marinados, uma vez que se concentra a seiva nas extremidades das plantas. Para folhas melhor colher antes do meio dia, para flores, enquanto o sol brilha e se abrem, para sementes ou frutos durante todo o dia, embora melhor evitar momentos de mais calor.

Quarto Minguante
Semear e transplantar (dois dias antes e dois dias depois do quarto).
Colocar estacas de madeira (pia).
Podar para reduzir a folhagem.
Plantar legumes de raiz (nabo, beterraba, cenoura).
Deshierbar.
Cortar madeira para construção (pia). São deixados para a próxima lua minguante onde se decortica e se desbastava.
Podar árvores doentes.
Podar os rebound do morango ou morango. Para evitar a queda na produção de frutos.
Cortar bambu ou guadua, das 3 ÀS 5 da manhã, quando não há luz (pia).
Colher uva para bom vinho (pia)
Colher frutos para produzir sementes, em seguida, deixar crescer e secar.
Colher frutos que não vamos comer instantaneamente ou que serão transportados.
Colher flores para deixar secar e conservar secas ou moídas (pia).
Pagar plantas de raízes profundas (pia).
Na fecundação predomina o sexo feminino e os partos são mais fáceis.
Se fizermos corte de cabelo crescerá curto e grosso. Mesmo com as unhas.
Colher grãos para armazenar já que têm menos água correm menos risco de serem atacados por insetos. Café, caco, milho, lentilhas, feijão, girassol, aveia, trigo, arroz, gergelim, etc. (pia).
Aplicar adubos a plantas cheias que já estejam em produção.
Plantar legumes que crescem ao nível da terra, alface, espinafre, couve, acelga. (se eu fizer isso em crescente risco de antecipar a sua floração).
Colher frutos para passas (pia).
Colher folhas e caules para conservas em vinagre e em salmoura (plena lua minguante).
Colheita de tubérculos e raízes para fazer conservas (de minguante a novilunio).
Colher forragens para henificados e selados.
Colher sementes. É quando mais água tem no seu embrião (pia).
Colher sementes de cucurbitáceas. (abóbora, melão, etc. )
Controlar ervas daninhas porque se as curto agora crescerão mais lento.
Colher raízes e tubérculos para a produção de sementes (pia).
Entre os quatro últimos dias de minguante e os primeiros três dias de lua nova se as melhores batatas e mandiocas para consumir logo.
Obter estacas de mandioca.
Raiar bananas.
Selecionar sementes de banana (pia)




















sábado, 11 de novembro de 2017

Festa de Iemanjá Praia Grande 2017

Praia Grande realiza os preparativos finais para a Festa de Iemanjá, que acontece nos dias 2, 3, 9 e 10 de dezembro na faixa de areia que vai da Praia do Ocian (Estátua de Iemanjá) até o Caiçara.
As entidades religiosas que desejam demarcar espaços para as comemorações e utilizar ônibus para o transporte têm até esta sexta-feira (10) para realizar a inscrição pelo e-mail sectureventos@praiagrande.sp.gov.br.
Outras informações pelo telefone 3496-5705.
Fonte..:: A Tribuna

Prêmio Top Blog 2013/2014

Prêmio Top Blog 2013/2014
1º lugar "Oscar dos Blogs Brasileiros" na categoria Viagem e Turismo Profissional, pelo voto popular.

..:: Últimos Posts ::..

..:: O nós é feito de eus ::..

..:: Feito com Muito Carinho ::..

..:: Feito com Muito Carinho ::..