Turismo Consciente do Litoral de São Paulo = Blog Caiçara!.............Caiçara Expedições Agência de Viagens e Turismo...........Receptivo Baixada Santista - Litoral de São Paulo....Seja Bem Vindo!

..:: Pesquisa Blog Caiçara ::..

sábado, 17 de novembro de 2012

Conhecendo as Aves: PAPAGAIO CHARÃO (Amazona pretrei)


Características - com seus 32 cm, possui a plumagem verde realçada na parte anterior da cabeça uma mancha vermelho-escura brilhante que contorna por trás dos olhos e alcança a região dos ouvidos como uma máscara (fronte, loros e região perioftálmica) . Também é vermelha a borda anterior das asas. Mede cerca de 35 cm de comprimento. Tem a cauda relativamente curta e quadrada na ponta o bico é cor de chifre. 

Habitat - é uma espécie endêmica da Mata Atlântica e da Mata de Araucária, habitando a parte baixa das matas ao longo dos rios, orla de plantações de eucaliptos e pinus. 

Ocorrência - sul do Brasil. Anteriormente ocorria de São Paulo até o norte da Argentina, hoje inteiramente restrito às áreas florestadas d o Rio Grande do Sul. 

Hábitos - espécie nômade, extremamente associada às matas de araucária. Emite gritos graves entremeados de assobios estridentes. Durante certos períodos do ano, grandes bandos podem ser avistados em remanescentes de matas do Pinheiro-do-Paraná.

Alimentação - frutas, sementes e flores. Voa mais de 70 km a procura de alimentos. Tem uma sensível preferência por pinhões de Araucária angustifolia, como também de frutos de Podocarpus sp. (pinho-bravo).

Reprodução - postura de 2 a 4 ovos e incubação de 25 a 30 dias. Nidifica em ocos de árvores a uma distância de 3 a 10 metros do solo. Durante a época de procriação, vive calmamente em pares dispersos e raramente é notado. Os filhotes são alimentados pelos pais. 

Ameaças - é considerada uma das aves sul-americanas mais ameaçadas de extinção. A remoção dos papagaios do ninho para o comércio, a caça e o desmatamento são as causas do seu declínio. São destruídas as pousadas tradicionais da espécie. É bastante visado na região pelo tráfico de animais, diversos filhotes são capturados e vendidos nos centros urbanos. A expansão agropecuária tem reduzido as florestas de araucária, diminuindo a disponibilidade de sítios adequados para a reprodução e conseqüentemente, provocando o declínio das populações existentes.

(papo de biologia)






Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Caiçara Expedições agradece sua participação!
obs: Os comentários são moderados.

Mantenha contato! Muita Luz>>>

Prêmio Top Blog 2013/2014

Prêmio Top Blog 2013/2014
1º lugar "Oscar dos Blogs Brasileiros" na categoria Viagem e Turismo Profissional, pelo voto popular.

..:: Últimos Posts ::..

..:: O nós é feito de eus ::..

..:: Feito com Muito Carinho ::..

..:: Feito com Muito Carinho ::..