Turismo Consciente do Litoral de São Paulo = Blog Caiçara!.............Caiçara Expedições Agência de Viagens e Turismo...........Receptivo Baixada Santista - Litoral de São Paulo....Seja Bem Vindo!

..:: Pesquisa Blog Caiçara ::..

terça-feira, 28 de julho de 2015

A responsabilidade dos práticos na atividade de navegação / Praticagem como funciona?

A Praticagem de São Paulo possui 60 práticos regulamentados

Auxiliar manobrar e prestar assessoria aos comandantes dos navios para que as atracações e desatracações aconteçam modo mais seguro nos complexos portuários. Estes serviços são de responsabilidade dos Práticos, profissionais treinados para apoiar a atividade de navegação e que reduzem as possibilidades de acidentes durante o tráfego marítimo.

Este é um serviço realizado no mundo todo e segundo a associação internacional da categoria (International Group of P&I Clubs, em inglês), o índice de acidentes com práticos a bordo no Brasil é de apenas 0,002%. A Praticagem de São Paulo, responsável pela organização do serviço nos portos de Santos e São Sebastião possui 60 práticos regulamentados.

O serviço é realizado 24 horas por dia. Para solicitá-lo, os armadores devem enviar uma requisição para a Praticagem com, no mínimo, seis horas de antecedência. 

O prático tem à disposição rebocadores e outras embarcações menores para realizar o atendimento, além de outro profissional, quando determinado pela Autoridade Marítima. Nesse caso, eles vão ao encontro das embarcações e trabalham em conjunto para levá-las até o berço de atracação. A operação dura, em média, 60 minutos.

A atividade realizada pelos práticos é considerada de risco, pois qualquer erro durante a manobra pode causar danos nas embarcações. Terminais portuários e equipamentos também podem ser atingidos, além de ainda existirem os riscos de desastres ambientais ou acidentes que envolvam pessoas. 

Porém, a disputa por uma vaga de prático no Brasil é muito concorrida, com até 800 candidatos por vaga. O prático recebe seu salário por manobras realizadas, dependendo da quantidade, pode chegar a receber R$ 300 mil por mês.

O processo seletivo exige do candidato a prático (homem ou mulher) tenha nível superior em qualquer área e uma habilitação amadora (arrais) ou profissional (aquaviário) para comandar embarcações. O candidato ainda passará por uma prova escrita, além de uma prova prática com a utilização de um simulador de manobras.

Se aprovado, o selecionado passa por um treinamento de mais de um ano, em que deve realizar, em média, 700 manobras durante o dia e a mesma quantidade durante a noite. Com o passar do tempo, começa atuar em embarcações maiores. O prático só pode atuar em seu porto de formação.

Fonte..:: Jornal A Tribuna

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Caiçara Expedições agradece sua participação!
obs: Os comentários são moderados.

Mantenha contato! Muita Luz>>>

Prêmio Top Blog 2013/2014

Prêmio Top Blog 2013/2014
1º lugar "Oscar dos Blogs Brasileiros" na categoria Viagem e Turismo Profissional, pelo voto popular.

..:: Últimos Posts ::..

..:: O nós é feito de eus ::..

..:: Feito com Muito Carinho ::..

..:: Feito com Muito Carinho ::..