Turismo Consciente do Litoral de São Paulo = Blog Caiçara!.............Caiçara Expedições Agência de Viagens e Turismo...........Receptivo Baixada Santista - Litoral de São Paulo....Seja Bem Vindo!

..:: Pesquisa Blog Caiçara ::..

domingo, 28 de agosto de 2011

Projeto Albatroz: obtém sucesso na conservação de aves marinhas

Por..:: Marcus Fernandes


Pode parecer estranho, mas não são apenas peixes que os barcos de pesca capturam em suas jornadas pelo mar. Ao longo das últimas décadas, milhares de aves como albatrozes e petréis acabavam acidentalmente fisgadas pelas embarcações, morrendo afogadas. Aos poucos, essa triste realidade está mudando, graças a um projeto desenvolvido em Santos.

Esta semana, no Equador, o Projeto Albatroz apresentou, durante um encontro internacional, os últimos dados sobre as pesquisas que vem realizando ao longo dos últimos 20 anos.

A reunião foi promovida pelos países membros do Agreement on the Conservation of Albatrosses and Petrels (ACAP, ou Acordo Internacional para Conservação de Albatrozes e Petréis, em português).

Entre os resultados apresentados, destaque para os que foram obtidos com os testes realizados no Brasil, em junho deste ano, com um equipamento chamado ‘hook pod’.

Trata-se de uma espécie de anzol que diferentemente daquele que é usado na pesca industrial, impede que a ave seja “fisgada” ao tentar comer a isca lançada pelos barcos.

Em certos tipos de pescarias, linhas com vários quilômetros de extensão, cravejadas de anzóis e iscas, são lançadas no mar.

As aves, já acostumadas a voar nas proximidades das embarcações, se lançam sobre as iscas. Muitas acabam presas e morrem afogadas. Além do impacto ambiental, há o econômico, já que prejudica a capacidade de captura.

Com o uso do ‘hook pod’ e de outros apetrechos, como o ‘toriline’ (fitas coloridas presas na linha que espantam as aves), essa situação está mudando.

No mundo, esse foi o primeiro teste realizado com o ‘hook pod’ em situação real e os resultados do seu desempenho estão incluídos no estudo que foi apresentado pelo pesquisador Ben Sullivan, da Birdlife International, organização parceira do Projeto Albatroz.

Os testes comprovaram que a tecnologia é capaz de proteger as aves e ainda permitir um sensível aumento da produção pesqueira.

Com o uso do hook pod, 251 peixes foram capturados. Sem ele, a quantidade baixou para 219.

“O desempenho foi melhor com a utilização do ‘hook pod’. No entanto, outras informações são necessárias para o alcance de resultados mais precisos”, explica Fabiano Peppes, coordenador técnico do Projeto Albatroz. Ainda durante este ano, serão realizados pelo menos mais três testes com o aparelho.

Além das pesquisas sobre o uso do ‘hook pod’, o Projeto Albatroz também apresentou os resultados positivos dos estudos do aprimoramento do ‘toriline’ e da utilização do peso que afunda a linha de pesca mais perto do anzol, aumentando a sua velocidade de submersão e, assim, diminuindo o tempo disponível das iscas na superfície para as aves.

Sobre o Projeto Albatroz
A organização foi criada em Santos (SP) e há 20 anos atua na área de conservação de albatrozes e petréis. Colabora com a elaboração de políticas públicas, a exemplo do Plano de Ação Nacional para a Conservação de Albatrozes e Petréis (PLANACAP), além de desenvolver pesquisas para reduzir a captura não-intencional das aves marinhas pelos barcos de pesca e realizar ações de educação ambiental junto a pescadores e escolas.

O Projeto Albatroz tem o apoio de diversas organizações nacionais e internacionais e o patrocínio da Petrobras, por meio do programa Petrobras Ambiental.

Espécies ameaçadas
Das 22 espécies de albatrozes que constam da Lista Vermelha da União para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês), 17 estão ameaçadas em algum nível. No Brasil, das várias espécies de albatrozes que interagem com a pesca de espinhel pelágico, seis estão na lista brasileira de espécies ameaçadas.

Os petréis (ou pardelas), outra espécie de ave marinha, também correm o risco de serem extintos da natureza. A principal causa é a captura não-incidental das aves pelos barcos de pesca.

Mais informações..:: http://www.projetoalbatroz.org.br/

(papo de biologia, planeta animal)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Caiçara Expedições agradece sua participação!
obs: Os comentários são moderados.

Mantenha contato! Muita Luz ...

..:: Google Analytics ::..